Ame-se

Querer-nos nos faz bem, nos faz felizes. E é o melhor presente que podemos oferecer aos outros...

separador
Foto de um homem feliz, que expressa gratidão.

Em todo momento estamos criando nossa realidade, ainda que muitas vezes o fazemos sem percebermos, de maneira inconsciente. Toda vez que nossos pensamentos e emoções se concentram em algo, nós o estamos atraindo para nossas vidas… inclusive se se tratam daquelas situações que não desejamos ou que rejeitamos (problemas, conflitos, etc.).

Todos queremos nos sentir bem, em paz, em harmonia. Todos queremos viver em abundância. Mas com frequência nossa busca do “bom” se parece mais a uma tentativa de escapar do “mau” (a dor, o temor, a escassez, as preocupações de cada dia). Vale a pena se deter aqui e pensar nisso por um momento…

Cada vez que nos concentramos naquilo que não queremos, nessas coisas ou experiências que rejeitamos, o poder da nossa atenção o reforça, o atrai para as nossas vidas. Assim acontece com tudo contra o que lutamos, isso do qual tratamos de nos liberar, que queremos vencer. Tudo aquilo que resistimos, persiste.

Nossa mente inconsciente tem um infinito poder criador… e parece que toma nossos pensamentos literalmente, que não tem sentido de humor:

Curta-metragem “Summer Bummer” (algo assim como “Charlatão do verão”), de Bill Plympton.

O querido Facundo Cabral também nos lembra, com a seguinte frase, de que nosso inconsciente toma nossos pensamentos de maneira literal, sem entender brincadeiras ou ironias:

Não diga não posso nem de brincadeira, porque o inconsciente não tem sentido de humor, ele o levará a sério, lhe fará lembrar toda vez que você tentar. (Facundo Cabral)

O vídeo seguinte é muito original. Vale a pena vê-lo algumas vezes para poder apreciar todos os detalhes. E também nos convida para refletir sobre o milagroso poder de criação que têm nossas expectativas:

Este último vídeo na realidade é uma publicidade e seu título é muito apropriado: “A sorte é uma atitude”. Claramente nossa atitude influi sobre as pessoas com as que nos relacionamos e determina nossa “sorte” em qualquer circunstância. Este é outro aspecto onde podemos ver em ação a Lei da Atração, porque isso que chamamos de “atitude” revela quais são as nossas emoções e nossas expectativas a respeito do que acontecerá.

Publicidade de Martini: “A sorte é uma atitude”.

Como aplicar a Lei da Atração

Primeiro, agradecer…

  • Todo nosso descontentamento por aquilo do que carecemos procede da nossa falta de gratidão pelo que sim temos.”

    Daniel Defoe

Experimentar uma profunda gratidão pelo que somos ou pelo que atualmente temos é um requisito prévio que devemos cumprir se pretendemos aplicar a Lei da Atração de maneira consciente. À primeira vista isto pode parecer uma contradição já que normalmente “descobrimos” a Lei da Atração quando sentimos algum grau de insatisfação, quando queremos mudar aspectos das nossas vidas com os quais não estamos conformes. Mas todos os Mestres e todas as Tradições coincidem em que é fundamental apreciar e agradecer antes de tudo a nossa condição atual.

A ideia é experimentar gratidão cada vez que seja possível e incorporar essa atitude de maneira permanente nas nossas vidas. Em qualquer circunstância ou lugar podemos expressar mentalmente nosso agradecimento em relação com o que estamos vendo ou experimentando. Quase em qualquer situação ou encontro há sempre algo positivo para agradecer. E como os pensamentos têm o milagroso poder de “atrair”, nos irão acontecendo outros aspectos positivos relacionados pelos quais também poderemos agradecer.

Foto de um homem feliz, que expressa gratidão.

É especialmente importante agradecer também o que habitualmente recebemos como problemas, conflitos ou perdas. Normalmente inclusive as circunstâncias desfavoráveis, as más notícias, encerram algo positivo pelo que podemos agradecer de maneira sincera. As perdas apresentam um desafio do qual sairemos fortalecidos, os conflitos nos obrigam a desenvolver virtudes e a nos tornarmos “mais sábios”, as crises sempre são oportunidades de crescimento.

É muito importante não rejeitar essas situações “negativas”, não lutar contra elas, se o que queremos é superá-las definitivamente e experimentar uma mudança profunda e duradoura nas nossas vidas. Novamente: tudo o que resistimos, persiste.

Neste ponto me encontro atualmente, praticando exercícios como este. Sempre que posso dedico uns minutos para agradecer. Agradeço pelo que sou, pelo que tenho e também pelo que recebi ao longo da vida. Agradeço cada relação, cada encontro, cada experiência.

Então… aproveito esta oportunidade para lhe agradecer profundamente a sua visita a este site e que você tenha ficado lendo este artigo tão comprido até o final…!!!

Axel Piskulic

Tradução de Ana Lúcia de Melo
Compartilhar este artigo no Google +

Se você gostou deste artigo, por favor...

Não se vá sem compartilhá-lo no Facebook, Twitter ou Google+

Não se vá sem deixar seu comentário

Não se vá sem se inscrever grátis por e-mail... Obrigado!

  1. Douglas Costa disse:

    Excelente! A lei da atração é algo magnífico.

    Obrigado!!!

  2. Patricia Alves Mangueira disse:

    Muito obrigada, realmente lei da atração funciona que me atraiu a esse artigo muito interessante e real.

  3. Ana Oliveira disse:

    Excelente, muito bom. Obrigada, muito grata.

line