Ame-se

Querer-nos nos faz bem, nos faz felizes. E é o melhor presente que podemos oferecer aos outros...

separador

Shakti Gawain, no seu livro “Visualização criativa”, nos explica como devem se realizar as afirmações positivas, frases simples que podemos repetir mentalmente, dizer em voz alta ou colocar por escrito, para que nos ajudem a criar a realidade na que queremos viver:

Ilustração de um espírito feminino que representa o voo e vento (Título: The Spirit of Flight, Autor: Josephine Wall)
A Ilustração é de Josephine Wall

Afirmações Positivas

Shakti Gawain
Shakti Gawain, autora do livro 'Visualização criativa'

1. Faça sempre as afirmações no presente, não no futuro. É importante criá-las como se já existissem. Não diga: “conseguirei um trabalho maravilhoso”, mas sim: “agora tenho um maravilhoso trabalho novo”. Isso não é se enganar a si mesmo, senão simplesmente reconhecer que tudo se cria primeiro no plano mental, antes que possa se manifestar como uma realidade objetiva.

2. Faça sempre as afirmações do modo mais positivo que puder. Afirme o que quer, não o que não deseja. Não diga: “não voltarei a ficar sonolento pela manhã”, mas sim: “agora me levanto com tempo y cheio de energia todas as manhãs”. Isso assegura que você está criando as imagens mentais mais positivas possíveis.

3. No geral, quanto mais breve e simples seja uma afirmação, muito mais efetiva. Uma afirmação deve ser uma declaração clara que transmite um sentimento forte. Quanto mais sentimento transmite, mais forte é a impressão que faz sobre a sua mente. As afirmações que são extensas, complicadas e teóricas perdem seu impacto emocional. Eleja afirmações que provenham do coração, não da sua cabeça.

4. Prefira sempre afirmações que pareçam totalmente adequadas a você. O que funciona para uma pessoa pode não servir para outra. Uma afirmação tem que ser positiva, expansiva, liberadora e confortadora. Se não for, procure outra, ou a expresse de outro modo, até que lhe pareça adequado. É natural que ache uma resistência emocional a qualquer afirmação quando a fizer pela primeira vez, sobretudo se tem um poder especial sobre você e representa uma mudança real na sua consciência. Não é outra coisa que nosso medo natural à mudança e ao desenvolvimento.

5. Quando fizer estas afirmações, lembre sempre que você está criando algo novo e fresco. Você não tenta refazer ou mudar o que já existe. Fazê-lo assim seria se opor ao estado atual das coisas, e isso provoca conflitos e lutas interiores. Adote uma atitude de aceitação e de saber lidar com tudo que há na sua vida, ao mesmo tempo em que assume que cada instante é uma nova oportunidade para começar a criar exatamente o que deseja e o que lhe fará mais feliz.

6. As afirmações não estão pensadas para contradizer ou tratar de mudar seus sentimentos ou emoções. É importante que aceite e experimente todos seus sentimentos, inclusive os chamados “negativos”, sem tratar de mudá-los. Por outra parte, as afirmações podem lhe ajudar a se formar um novo ponto de vista que lhe permita viver novas experiências cada vez mais satisfatórias.

7. Ao expressar suas afirmações, faça todo o possível para criar um sentimento de confiança e uma sensação de que podem ser certas. Abandone pelo menos durante cinco minutos todas as suas dúvidas e vacilações e concentre toda a sua energia no positivo. Se as dúvidas, as reticências ou os pensamentos negativos se interpõem no caminho de suas afirmações, faça suas afirmações por escrito. Não deve fazer afirmações maquinalmente, mas sim tentando se convencer de que tem realmente o poder de criar essa realidade (porque você o tem). Com isso, conseguirá que suas afirmações sejam bem mais eficazes.

Para muitas pessoas as afirmações costumam ser mais poderosas e sugestivas quando contêm referências a fontes espirituais. Mencionar Deus, a Deusa, o Universo, o Poder Superior, o Espírito, a Mãe Terra, o Amor Divino ou qualquer outro ente superior, acrescenta energia espiritual a nossas afirmações e nos identifica com a fonte universal de todas as coisas.

Quando criamos algo, sempre o criamos primeiro sob a forma de um pensamento. Um artista primeiro tem a ideia ou inspiração, depois cria um quadro. A ideia é como um esboço. Cria uma imagem da forma que logo magnetiza e guia a energia física para que flua dentro dessa forma e se materialize no plano físico.

Shakti Gawain

Tradução de Ana Lúcia de Melo
Compartilhar este artigo no Google +

Se você gostou deste artigo, por favor...

Não se vá sem compartilhá-lo no Facebook, Twitter ou Google+

Não se vá sem deixar seu comentário

Não se vá sem se inscrever grátis por e-mail... Obrigado!

line